Casa vazia, o dia vai ficando acinzentado
Queria uma grande mata ao lado
O tempo esfria, mas não chega a ficar assim gelado
A toda volta há concreto do lado

A vida é muito engraçada, qualquer um pode ver
que a vida é sempre infinita, pra dentro e fora de você
A piração de ser humano é muito louca pra entender
Mas se eu a tenho do meu lado
A vida ganha outro por que

Mas onde ela está?
Pra onde ela foi?
Eu quero ela agora, não depois...

Mas ela sabe bem o que eu quero dizer
Chora o menino que tenta lhe esquecer

E mais um dia, o choro no peito foi sufocado
E a vida segue sem ninguém ao lado, tchê, tchê, tchê...

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir