Foto do artista Daniel Shadow

Por Aí (part. Valmir Nascimento)

Daniel Shadow


Por aí, andei no limite há dias
Virei noites frias, drinks quentes
Sem fé, vaguei entre serpentes
Garrafas e promessas vazias

Quase desisti
Parece que a saudade ri da minha cara
Momentos vêm
Como dedo na ferida que não sara
É foda olhar pra frente
Não dá pra controlar o que se sente

Não vou mais conseguir
Fingir que não caí
Porque até os olhos vêem
Quando corações mentem
Menti pra proteger
Mas cê sabe, claro que errei, baby

Me odiei porque te magoei, e hoje
Nem sei mais a quem eu enganei
Esqueço que preciso de lembranças
Ligo o foda-se, acelero apenas
E deixo o som falar mais alto
Que os problemas
Tudo que a gente fez
Viveria tudo outra vez
Quem sabe a gente se vê por aí

Você é dia e eu só
Acendo quando a noite cai
Ainda me atraso e perco o pôr do sol
Vou andar, não posso mais parar
À vida me entreguei, num sei
Se bah vim pra ser só
Hoje eu entendo melhor e sei que
Não basta tá perto pra tá junto, sei que
Não adiantava eu te dar o mundo
Se nem cabíamos mais no mesmo assunto

Outro dia me peguei culpado por deixar
Tudo chegar ao fim assim
Sei lá, refleti, enfim
Me culpei por não te fazer feliz
Me culpei por tentar
Não ter é desejar, amar é libertar
Feliz, nem sempre é quem consegue
Mas quem busca
Não vou me despedir nem chorar
Vou seguir
Quem sabe a gente ainda
Vai se encontrar por aí

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir