Sufocar, atrás de paredes que se fecham
Numa cidade sem espaço pra crescer
Optar entre a guilhotina e a gravata
Se moldando ao meio, imaginando ter poder

Tudo ao redor
Parece encolher
Do pó ao pó
Nada vai florescer
O rolo compressor te atropela,
Vem te esmagar!

Permanecer de pé!
(De pé até o fim)
Permanecer de pé!
(De pé até o fim)
Focar, competir, vencer!

Prosseguir,
Por novos caminhos não tão estreitos,
No labirinto de desejo artificial
Ser mais um
Pode fazer toda a diferença
Não questione,
Ninguem vai te responder

Inquietação
Sem poder, sem viver
Pronto pra ação,
Enfrentar, combater
Quem for tentar te derrubar
Tentar te derrubar!

Permanecer de pé!
(De pé até o fim)
Permanecer de pé!
(De pé até o fim)
Saber o que quer,
E onde quer chegar
Permanecer de pé!
(De pé até o fim)
Permanecer de pé!
(De pé até o fim)
Não podem mais te derrubar
(Não podem mais te derrubar)

O antigo, inimigo cedeu o espaço
Pra um desafio ainda maior
Se manter de pé,
Contra o que vier,
Vencer os medos,
Mostrar ao que veio,
Ter o foco ali,
E sempre seguir
Rumo a vitória!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Rodrigo Lima · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Diego, Legendado por Oscar
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.