Tão Iguais

Dead Fish

exibições 158.186

Eu grito pelo meu país
Que finge
Os absurdos tão normais
Onde estou

Eu desejei o teu lugar
Quis agir da mesma forma
Aqui todos são iguais!

Impunidade usada pra vencer
Comprada com seus votos
E sua omissão
Legislar ou pedir pão
Não seja tão honesto
Ou irá morrer!
Se resignar e aceitar
Se eles são apenas dez?
Não terá o seu quinhão
Tão sujo quanto o deles

Normalidade!
Senso Comum!

(Me lembro com se fosse ontem do meu pai me falando
Para eu estudar pra ser alguém na vida
E disse coisas sobre o caso da Aracelli e Ana Angélica
E dizia que não ia dar em nada
Lembro dos seus discursos sobre honestidade
De como deveríamos ser e agir)

Eu desejei este lugar
Quis agir da mesma forma
Aceitar os mais iguais!

Eu desejei o meu lugar
Vou agir da minha forma
Quero coisas mais reais!

Tempos depois o meu velho se foi e descobri que saber não bastava

Tente conceber! Tente
Vislumbrar!
Que é tão igual quanto os
Que odeia!
Tudo isso vai mudar?

(Precisava ser alguém e ter um nome
Um brilho ou um padrinho, não abri a mão do que aprendi
Para que ser o que eles desejavam que eu fosse
Por isso prometi fazer alguma coisa, por todos que sejam honestos
Por mim, por La Madre, minha avó, meus amores, amigos, irmãos
E por todos que sofrem neste estado do Espírito Santo)

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir