exibições 1.324
Foto do artista Devendra

72 Espinhos de Pureza

Devendra


Setenta e dois espinhos de pureza, que escorrem pela inocência da cruz

O triunfo do sonho é real...
Eu dei minha vida pra tocar suas mãos

A esperança nunca irá matar a fé!
A esperança nunca irá matar a fé!

O sol que se opõe entre as frestas de sua janela
É testemunha de que você ainda sofrerá
Em meio ao martírio em Sodoma

As pedras estão em suas mãos,
A brisa de meu sopro traz consigo o perdão
Sinta o orgulho de ver seu Golias no chão

O ego que aumenta seu câncer se desfaz
Feito espuma em águas

A voz secreta de sua alma
clama pela morte do velho homem.

A semente em boa terra será a saída para o fim!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir