Ricô (part. Doug Now)

Djonga


[Djonga ]
E aí, Coyote
Ya, ya, ei
O dinheiro acabou com tudo
Ahn, ei, ahn

Rico, ei, o cara que faz o dinheiro girar
Se for, ei, vir na minha direção, tem que ter pra trocar
Vivo, eu te garanto, parceiro, que não vai voltar vivo
Só se for rico, só se for rico
Ei, o cara que faz o dinheiro girar
Se for, ei, vir na minha direção, tem que ter pra trocar
Vivo, eu te garanto, parceiro, que não vai voltar vivo
Só se for rico, só se for

Conheci um mano que não tinha nada
Com muita certeza que já tinha tudo
Piranhas, money, só faltava amor próprio
É tipo ter flow, mas não ter conteúdo
Desceu pra garagem, ligou a Lambo
As menina lambendo no zap zap
É só bumbum granada no colo do pai
Me chamem de Osama, eu tô no Iraque?

Vou fazer um atentado com aquelas gêmea
Tô lembrando bem do jeito que ela geme
Só ligo pra clara, que se foda a gema
Tô de lancha, meu mano, eles que remem
Acelerou na avenida, vrum, ah
Exagerou na bebida, chapado
Cara, isso que é vida, num dá
Pra viver de outro jeito, cês não conseguiram, por isso abre a boca pra me julgar

Abram alas, o rei do camarote está na casa
Num é nada pé no chão, mas quer Red Bull pra dar asa
Sabe aquele marroquino? Bola outro e manda brasa
Vai dar brisa, brisa boa, brisa à toa, brisa baixa
Dom Pérignon, uma caixa, entra aí, mina, relaxa
Bebe e fuma, é tudo nosso que mais tarde o pai te encaixa
Te garanto, eu tenho cash, tem da branca e tem do haxa
Não se acanhe, não me estranhe, é só escolher e mete marcha
Só que ela não tava sozinha, o outro malandro mei que registrou
Ele era envolvido, pegada envolvente e nunca foi fã de filho de doutor
Isso vai dar merda
O amigo do lado até que avisou
E ele disse: Eu sou
Cê sabe o que eu sou?

Rico, ei, o cara que faz o dinheiro girar
Se for, ei, vir na minha direção, tem que ter pra trocar
Vivo, eu te garanto, parceiro, que não vai voltar vivo
Só se for rico, só se for rico
Ei, o cara que faz o dinheiro girar
Se for, ei, vir na minha direção, tem que ter pra trocar
Vivo, eu te garanto, parceiro, que não vai voltar vivo
Só se for rico, só se for

Do outro lado vem o bandido invocado, tranquilo e focado
Disposto a dar pro mano um sono pesado
Oitão destravado, de boné socado
Se o boy soubesse, sua cova não tinha cavado
O amigo tava motivado, no crime era renomado
Hoje eu volto preso, mas nunca humilhado
Olhou no olho, hahahahahahahaha
E antes do disparo ser efetivado, o boy pensou

[Doug Now]
Eu que pensava que o céu era o limite
Agora vejo que do chão não passa
É só a vida pregando uma peça
É só a morte pregando uma bala
Passando um filme de como entrei nessa
Vi que no fim é uma grande piada
A velha piada de quem que quer tudo
E no fim de tudo, acaba sem nada (sem saber)
Tudo ao meu redor comanda, Wu-Tang disse
Paulinho da Viola fala que é vendaval
Fique rico ou morra tentando, disse o 50
Não pense em dinheiro e ame o racional

[Djonga]
Aí, Doug, ele era

Rico, ei, o cara que faz o dinheiro girar
Se for, ei, vir na minha direção, tem que ter pra trocar
Vivo, eu te garanto, parceiro, que não vai voltar vivo
Só se for rico, só se for rico
ei, o cara que faz o dinheiro girar
Se for, ei, vir na minha direção, tem que ter pra trocar
Vivo, eu te garanto, parceiro, que não vai voltar vivo
Só se for rico, só se for

História boa, né
Morreu, morreu
Mas aí, Coyote, Thiago
Se tiver como abaixar um pouquinho o clima
Que tá meio
Meio pesado
Meio fúnebre

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Doug Now / Djonga / Coyote Beatz. Essa informação está errada? Nos avise.

Posts relacionados

Ver mais posts