Não vá fazer de um vento, um vendaval
De uma simples chuva, um temporal
Nosso romance foi chuva de verão
Passageira, sem fazer o mal

Não vá fazer de um vento, um vendaval
De uma simples chuva, um temporal
Nosso romance foi chuva de verão
Passageira, sem fazer o mal

Não vá fazer alarde
De uma coisa tão banal
Não precisa gritar na cidade
Por manchete no jornal

O nosso romance foi pequeno
Ninguém viu
Uma bolha de sabão no ar sumiu

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts