exibições 1.164

Mesma Dor

Etno


Com o avançar da tecnologia,
e depois do homem brincar de ser Deus.
A compaixão é imensa fadiga
Olhe pra trás e veja no que deu,
Não deu em nada,
Nossas vidas cada vez mais controladas,
Muitas conquistas e lutas saciadas,
Tem tanta gente que mata por que quer demais,quer demais.
Os maiores ladrões estão a solta e agente cala uma revolta,
Que passa por cima da gente,
e o silêncio encomoda entoca dentro de um ser que não sabe o que sente.

Verde,amarelo,negro ou branco
Não importa qual a cor
Só sei que todos somos humanos
Diga-me qual é a sua dor
É a mesma dor do dia-a-dia,dia adiando qualquer cor
O cenário pra mim é preto e branco
E a agonia me segue aonde eu vou!
Eu sou mais um guerreiro e a minha fé não tem cor..

A todos os mitos acreditados
Todos as crenças do passado e do mundo atual
Quebrem a fronteira territorial
Pulverisem o preconceito Racial.

Por que não agimos como seres pensantes
Mentes em operante?!

Com o avançar da tecnologia,
e depois do homem brincar de ser Deus.
A compaixão é imensa fadiga
Olhe pra trás e veja no que deu,
Não deu em nada,
Nossas vidas cada vez mais controladas,
Muitas conquistas e lutas saciadas,
Tem tanta gente que mata por que quer demais,quer demais...
Os maiores ladrões estão a solta e agente cala uma revolta,
Que passa por cima da gente,
e o silêncio encomoda entoca dentro de um ser que não sabe o que sente.

Verde,amarelo,negro ou branco
Não importa qual a cor
Só sei que todos somos humanos
Diga-me qual é a sua dor
É a mesma dor do dia-a-dia,dia adiando qualquer cor
O cenário pra mim é preto e branco
E a agonia me segue aonde eu vou!
Eu sou mais um guerreiro e a minha fé não tem cor...

Mentes controladas por satélites milhonários superfaturados
Os salafrários que deixam seus lixos espalhados
Enquantos os seres massacrados vivem na miséria
Sob o céu do abandono
Sem nome e sem lar
Entre a escória e a batalha
Eles tentam acreditar que a esperança é possível
Cabe a cada um de nós...
Estender as mãos e lutar!!

Cabe a cada um nó estender as mãos e lutar!

Verde,amarelo,negro ou branco
Não importa qual a cor
Só sei que todos somos humanos
Diga-me qual é a sua dor
É a mesma dor do dia-a-dia,dia adiando qualquer cor
O cenário pra mim é preto e branco
E a agonia me segue aonde eu vou!
Eu sou mais um guerreiro e a minha fééé...

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog