Todo dia a mesma coisa, tudo pouco original
Novidade vem e vai, e no fim é tudo igual
Nenhum dia do avesso, natural eu tento ser
Eu cresci, tudo mudou, eu não tenho mais poder.

Não quero mentiras, não quero mais nada
Não quero ter que acordar toda madrugada
Por causa de brigas que nunca têm fim
Só queria abrir os olhos com você perto de mim.

(Refrão)
No final de tudo isso, já não agüento mais
Me pega, me leva daqui, não volte atrás
Me carrega pra bem longe, onde os outros não possam me ver
E que todo dia de manhã, não veja ninguém, além de você.

Ainda espero um momento em que tudo possa mudar
Talvez uma outra estrada, ainda espero você chegar
Cansei de juntar meus pedaços ao final de cada dia
Cansei de não ter coragem, de ser a própria covardia

É difícil quando se tem a intenção de ajudar
E em troca receber o desprezo de um olhar
O jeito é seguir em frente, tentar fazer o certo
E isso fica mais difícil sem você por perto.

É ruim ter a impressão de fazer sempre tudo errado
Espero que tudo dê certo, com você do meu lado
Uma vida nova, um mundo novo, um dia diferente
Não é só uma idéia, era o que eu tinha em mente.

(Refrão)

No final de tudo isso já não agüento mais
Me leva, me tira daqui, não olhe pra trás
Me carrega pra bem longe, onde os outros não possam me ver
E que todo dia de manhã não veja ninguém
Além de você.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir