Preciso voltar, preciso dizer, eu
Não consigo viver sem você, tu és
O abrigo, meu pai e amigo, sou teu
Filho;

Andava tão distante de ti,
Eu pedi a minha parte dos teus bens e saí,
Não quis te ouvir, por esse mundo andei,
Triste eu chorei sofrendo, não sei
O que fazer, como pude esquecer,
Do teu carinho, pequei contra você,
Não sou digno de ser, chamado teu filho;

Na casa de meu pai há lugar,
Na casa de meu pai há lugar,
Na casa de meu pai há lugar, para mim;

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir