Senhores este barulho, que estão ouvindo agora
Que faz esse trintrintin é a roseta das espora
Pois tem muita serventia e a muito me distrai
E a minha espora só sai quando eu tiro a bota fora

Esse aqui é o tirador pra peões e capataz
Quando se laça de apé se deita o corpo pra traz
Pilcha de muito valor sempre atada na cintura
Pra livrar a queimadura do golpe que o laço faz

É isso ai moçada

Esse aqui é o cinturão, muitos chamam de guaiaca
Onde guardo o cruzeiro, mas já guardava um pataca
Vai preso no mesmo cinto, mais um casal que resolve
O velho amigo revolve esposo da velha faca

Faca veia cortadeira,revolve fabricante de defunto senhor!!

Esse aqui é o chapéu de aba e de barbicacho
Pra o sol não bate nos olhos se vira as aba pra baixo
Esse pano no pescoço não vão pensar que é gravata
É o lenço que a gente ata em pescoço de índio macho

Índio de fala fina não pode amarra o lenço!!

Esse aqui é o pala branco que deito em cima da blusa
É um enfeite do traje que todo gaúcho usa
Já tem o nome na historia por ser traje de respeito
Que o mais perverso sujeito admira e não abusa

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir