Quem me separará do amor de Deus?
Será a tribulação, angustia ou perseguição
Fome ou nudez, perigo ou espada?
Tudo eu posso passar
Mas não largo a cruz

Porque estou bem certo
Que nem a morte, nem a vida
Nem principados, nem anjos,
Nem o presente, nem o porvir
Vai me separar do amor de Deus

Nem poderes, nem alturas, nem profundidade
Ou outra criatura
Não vai me separar
Do amor de Deus...

Porque a nossa leve e momentânea tribulação
Produz para nós peso de glória sem comparação

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir