A Rima Denuncia

Gog

exibições 4.336

"A terra começou a tremer É só musica urbana, mas se eu for pegar na enxada não tem ninguém para rimar"

A rima tem urgência, o caso é complicado
Tem que ser certeira, não pode errar o alvo
A rima denuncia e sacrifica,
O que a lei do homem não entende e santifica
Ora rica, ora pobre, ora vibra, ora sofre
E a rima é muito mais que a tinta e o pergaminho
Errou quem comparou seu teor ao do vinho
Pra quem sente frio é cobertor
É alivio na hora da dor
A rima não se silencia nos lamentos, nos desgostos
É eterna, seu autor nunca esta morto
Muita gente subiu e atraiu, consolada por ela quando caiu
A rima transforma o homem por inteiro
Cela fechada, mente aberta, descrevendo o cativeiro
Jóia rara, ouro da simplicidade,
Jazidas encontradas na humanidade
A rima recicla da vida a palavra pobreza
Agora espírito de luta, beleza
Não se entrega, não paga resgate, é vacinada contra o vírus vaidade
A rima desafia a hipocrisia, é pancada sem dó
Pura rebeldia, sem ritmo, sem compasso, fora do tempo,
Livre pra expressar seus sentimentos
A rima é assim mesmo sem explicação
A vivencia explodindo em inspiração
É um drible um show de habilidade
Lance que deixa o zagueiro irado e na saudade
A rima é o Universo em equelibrio
Há quem odeie, e eu? Eu acho incrível
Tem muito mais valia que o dinheiro
Não se compra, não se vende, não se sente o cheiro
A rima é a palavra no maior significado
Adversária da frieza de um dicionário
Não tem fãs, tem seguidores,
Impostores gravam cenas como atores
A rima sofre com a censura, foi caluniada
Por quem ri do verbo e não crer na força da palavra

"Mas o dia da igualdade ta chegando seu doutor
Mas o dia da igualdade ta chegando seu doutor"

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir