Enquanto a imagem se desfaz
No fim de tarde da ilusão
Sempre o intenso vento traz
Tudo que já passou

E em cada cena que se vai, deixo ao passado minha dor
Porque é preciso viver mais do que um momento só
E deixar-se levar

Eu deixo o vento me levar
A cada instante a um lugar
Como uma folha voa e cai
Para se transformar
E então recomeçar

Há uma luz na alma que rompe a escuridão
E vence um desafio a mais
E tudo que se faz é o que se vai colher
Nada nunca é em vão

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts