Olha aqui pra mim
Pra cá e pra lá no quarto
Nesse breu danado
Eu não levantei e nem vou levantar
É desesperador
Essa situação
Cadê o bom senso do seu coração?
Já dá pra parar

Vai me largar aqui? Ah tá
E resolve sumir? Então tá
Você só não levou essa casa
Porque não dava pra carregar
Nunca pensou em mim, nunca
Só me deixou o eco e mais nada
Me prometeu vida toda
E me deixou na metade da estrada

Mas esse sofrimento tem dia, hora e minuto contado
Eu vou sofrer o resto desse dia
Porque tudo serve de aprendizado
Amanhã eu levanto do chão
E encho essa casa de móveis
Passo álcool em mim, na parede e no teto
Eu gasto uma caixa, mas me desinfeto

Nem toda dor é constante
Nem toda foto é pra sempre na estante
Nem toda dor é constante
Nem toda foto é pra sempre na estante

Nunca pensou em mim, nunca
Só me deixou o eco e mais nada
Me prometeu vida toda
E me deixou na metade da estrada

Mas esse sofrimento tem dia, hora e minuto contado
Eu vou sofrer o resto desse dia
Porque tudo serve de aprendizado
Amanhã eu levanto do chão
E encho essa casa de móveis
Passo álcool em mim, na parede e no teto
Eu gasto uma caixa, mas me desinfeto

Nem toda dor é constante
Nem toda foto é pra sempre na estante
Nem toda dor é constante
Nem toda foto é pra sempre na estante

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Diego Silveira / LARI FERREIRA · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Rapha, Legendado por Jaíne
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.