Salve terra querida e altaneira
Que se ergue através do passado
Salve solo onde feliz nasci
Oh! Bezerros meu berço sagrado

Nas margens do rio Ipojuca
Estás em teu berço a cismar
Num futuro de pleno progresso
Tanto quanto se possa almejar
Desfraldando a tua bandeira
Conclamamos teu povo a marchar

Já soaram os clarins da vitória
Tua história se pode escrever
Antevemos teus dias de glória
Que a teus filhos se irá estender

Neste Estado fulgura uma estrela
Entre outros rincões a brilhar
Inflamando com uma centelha
O ideal que fará levantar
Terras outras que logo ao vê-la
Buscarão o progresso alcançar.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Antônio Abelardo De Mendonça · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Vinicius
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.