Foto do artista Hinos de Cidades

Hino de Pinheiro Preto - SC

Hinos de Cidades


Foi um sonho de heróica altivez
Concebido além-mar, além-rio,
E com o sonho embarcou a saudade
Lá da Itália ou dos pampas bravios.

Nova pátria, onde o homem se lança
A forjar o que um dia sonhou:
Em Pinheiro Preto brotou a esperança
Que a semente da crença gerou!

A união do trabalho e alegria
Nos legaram pioneiros de bem:
É a herança italiana, germânica,
Polonesa e cabocla também.

Nova pátria, onde o homem se lança
A forjar o que um dia sonhou:
Em Pinheiro Preto brotou a esperança
Que a semente da crença gerou!

O Italiano, chegando primeiro,
Implantou a riqueza de então:
Parreiras por aqui cultivados
Muitas uvas e vinhos nos dão.

Nova pátria, onde o homem se lança
A forjar o que um dia sonhou:
Em Pinheiro Preto brotou a esperança
Que a semente da crença gerou!

A madeira, a pecuária e as searas
Nos garantem fartura de bens:
Nas encostas junto ao Rio do Peixe
Brotam os frutos que a vida entretêm.

Nova pátria, onde o homem se lança
A forjar o que um dia sonhou:
Em Pinheiro Preto brotou a esperança
Que a semente da crença gerou!

Nossas mãos agitadas ao vento,
A louvar ao Senhor nosso Deus,
Querem ser do progresso instrumento:
Em Pinheiro Preto que a Oeste se ergueu.

Nova pátria, onde o homem se lança
A forjar o que um dia sonhou:
Em Pinheiro Preto brotou a esperança
Que a semente da crença gerou!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir