Mocidade briosa da pátria
Que buscai ansiosa o povir
Reparai nos acenos da história
O que nas dobras do tempo há de vir

Terra nova se nutre em seus filhos
Na rançada em favor do amanhã
Mourejando nos campos da lida
E buscando a cultura louçã

Sede forte vos manda o presente
Tendo em Deus o mais grato fanal
Nas labutas crescentes da vida
Contra as hordas terríveis do mal

Terra nova se nutre em seus filhos
Na rançada em favor do amanhã
Mourejando nos campos da lida
E buscando a cultura louçã

Companheiro avante és o brado
Para frente escutai essa voz
É o chamado supremo da pátria
É a luz que anda em busca de nós

Terra nova se nutre em seus filhos
Na rançada em favor do amanhã
Mourejando nos campos da lida
E buscando a cultura louçã

Estudai, porfiai, com denodo
No rincão que nossa alma estremece
E no fim dos labores supremos
Nossa vida se torna uma messe

Terra nova se nutre em seus filhos
Na rançada em favor do amanhã
Mourejando nos campos da lida
E buscando a cultura louçã

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir