Por entre montes encantados de verdura
Fitando o céu maravilhoso noite e dia
Respira um berço embalado de ternura
Vivendo sempre enebriado de poesia

Carnaubal, Carnaubal, Carnaubal, Carnaubal
Teus filhos cantam irmanados tua riqueza
Carnaubal, Carnaubal, Carnaubal, Carnaubal
E te dedicam com prazer o coração
Foi Deus do céu que te enfeitou desta beleza
Eu também canto bem feliz esta canção

Um rio meigo pequenino vai correndo
Vai irrigando horta prados feijoais
É um mundo fofo de verdura só se vendo
Dormindo ao som do farfalhar dos coqueirais

Como és formosa escondida entre as serras
Onde o perfume da natura amor inspira
Nossa Senhora abençoou estas tuas terras
E é pelo céu que teu povo sempre aspira

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir