Tua história tem feitos de heróis,
Tem sangue de mortos valentes;
Com orgulho tais feitos lembremos
Para orgulho de teus descendentes.

Avante! Avante, Porciúncula!
Avante, firme a sorrir:
São os louros do passado
A semente do porvir!

O murmúrio do rio Carangola
Canta as glórias de Lanes, o audaz
E no altar do "Gigante de Pedra"
Vão a Deus nossos rogos de paz.

Teu futuro de glórias nos fala
No valor que em teus filhos encerras.
É ameno o teu clima. Tens minas.
São mais ricos teus vales e serras.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir