Ao sopé de ridente colina
engastada qual flor do deserto,
Minha terra deslumbra, fascina,
e ao turista estiva por certo.

Terra boa, pacata singela,
és "oásis" repleto de encanto:
tudo em ti poesia revela
Rio Pomba meu rico encanto.

É um jardim permanente, florido,
sempre em festa de casta natureza,
lindo rastro da relva caindo,
que brilhante, na Mata, fulgura.

Rio Pomba, querido, perfeito,
Rio Pomba, meu belo Torrão,
eu te trago gravado no peito,
eu te guardo no meu coração.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir