exibições 20.283
Foto do artista Ilê Aiyê

Deusa do Ébano II

Ilê Aiyê


Pedi um beijo e você me negou
Meu corpo arde de pura paixão
Teu rosto é meigo, negro e suado
E eu não posso nem pegar na tua mão

Vagabundeio só por esta vida
Nessa avenida você não está
Eu não sou nada se falta você
Vou para o Ilê Aiyê te procurar

Oh! Minha beleza negra, negra
Oh! Minha deusa do Ébano
Cultura negra Ilê Aiyê
Escrita no seu corpo nu

Oh! Minha beleza negra, negra
Oh! Minha deusa do Ébano
liberdade Ilê Aiyê
Sonho lindo Curuzu
E lá no alto eu vejo você
reinando bela num só balançar
Meus olhos brilham de felicidade
Minha majestade eu quero te amar

A minha vida é batida forte
Tambores soam no Ilê Aiyê
A minha alma é uma festa negra
Um ritual de amor e prazer

Oh! Minha beleza negra, negra
Oh! Minha deusa do Ébano
Cultura negra Ilê Aiyê
Escrita no seu corpo nu

Oh! Minha beleza negra, negra
Oh! Minha deusa do Ébano
liberdade Ilê Aiyê
Sonho lindo Curuzu

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir