Sofrimento tomou conta de todo lugar
O preconceito me fez parar
Tantas vezes já pensei em me matar
Por ouvir palavras de quem me amava a me julgar
Dizia que eu não era
Digno de pertencer ao lar
Que eu era sujo, devia me libertar

Criticavam meu jeito
Criticavam meu amor
Falavam que eu não era aceito
Não devia continuar

Mas recebi um papel escrito ali
Tereis aflições
Mas não deves desanimar

Eu te criei e morri por te amar
Sempre ao teu lado eu vou estar
Preconceito é conceito sem conhecer
A discriminação mata seu irmão

Certa mãe perdeu seu único filho
Que se matou
Por não encontrar auxílio
Muitos jovem seguem o mesmo caminho
Então dê amor
Ao invés de julgar seu filho

Não critique seu jeito
Não critique seu amor
Diga que é aceito
Que deve continuar

Jesus falho e disse assim
Tereis aflições
Mas não deves desanimar
Eu te criei e morri por te amar
Sempre ao teu lado eu vou estar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir