Samba Enredo 1997 - Eu Sou da Lira Não Posso Negar

exibições 3.880

EU SOU DA LIRA, NÃO POSSO NEGAR

Eu sou (ai meu Deus, eu sou)
Da lira, não posso negar
Preparei o ano inteiro
Versos para ofertar
Ah! Esse enredo delirante
Um momento emocionante
Lindamente popular
Eu quero cantar!
O Rio de tempos atrás
Chiquinha escreveu
Em notas musicais
Vem liberar, vem amar
Fazer a festa
É a magia do teatro e dos salões

Piano me diz quem é
A pioneira? (bis)
Piano me diz quem é
A maxixeira?
"Rosa de ouro"
Nunca foi de brincadeira

Ah mulher guerreira
Solta os grilhões!
"Corta Jaca", que eu quero ver
Repenica pra remexer
Tem cavaco e violão

E a minha escola
Vai cantando esse refrão (bis)
Lalaiá, lalauê!
Imperatriz fazendo um baile
Pra você

Composição: Zé Katimba, Chopinho, Amaurizão e Tuninho Professor · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Ana Lúcia
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.