Tenho saudades do meu bem-te-ví
Da arapuca e do corrimão
Estou falando das coisas que eu ví
Dentro do casarão

Fogão de lenha,lenha do fogão
Carro de boi parado na estação
E o trem noturno, fumegando ia
Cortando o sertão

E lá de longe agente se ouvia
Todo lamento do seu coração
E assim levava nosso dia a dia
Sem rumo e direção

Embora tudo fosse fantasia
Fazia bem pro nosso coração
Havia circo,parque e alegria
Tudo acabava sempre no sertão

Tenho saudades do meu bem-te- vi.....

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts