Que bom que você deu o ar da graça.
Andava eu com a pulga atrás da orelha,
Imaginando tanta coisa besta meu amor
A gente tem tendência pra ficar só na pior.
Tudo enfim pra mim era só desgraça e mais desgraça.

Quantas dores tive na cabeça, tudo de graça.
Perdi até a conta das vezes que morri.
Eu nunca fui Jesus pra ficar carregando cruz...
Que barato?!!
Mas, repentinamente você pinta, brasa acesa
Zás... surge das cinzas.
A coisa andava preta até você chegar.
Bateu o sol meu Deus do céu que bom te ver.
Que barato?!!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts