Tem vez que me dóI viver
Como pode ser, como pode?
Nunca se poder crer
Em ninguém
Imagine meu bem

Doa em quem doer ser
Mortal, ser cruel
Simples ser humano com h
Rancor, com leis, com cruz e cor
Duro de engolir seco
Esse osso roer não é mole
Devo confessar
Pode ser azar, pode ser que seja puramente
Sorte, vá saber?
Só sobreviver

O dia nascer, ser, entardecer
Fatalmente o dia acaba se fundindo com a noite
Tem vez que me dóI, que saco!
Peço pra morrer, tudo explode
Dentro da tv
Tem vez que me dóI te ver
Prefiro um vt, vê se pode
Mas ligado a você só
Ir em frente onde der
Chegue onde chegar
Pra qualquer lugar

Micro computador vai poder também dizer
Se longe da terra existe um bom lugar pra se viver
Eu e você
Vênus pode ser
Bem mais legal ter muita paz
Bem mais legal ter muita paz

Lá ser meu dono do nariz
Senhor, ser rei, juiz e corte ter
Júpiter
Micro computador vai poder também cantar
La la la
Micro computador vai poder também dançar
Sei lá

Tem vez que me dá calor
Dor, falta de ar, o diabo
Overdose ver bem
Na frente do nariz, a morte morar
Mas útil há de ser
O dia nascer, ser, entardecer
Fatalmente o dia acaba se fundindo com a noite

Útil há de ser...
Ser entardecer, ser entardecer...

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts