Você quer por mar
Ir para Berlim
Quer mudar de ar
Qualquer coisa assim

Mas é melhor levar
Limão, feijãozin
Café, guaraná
Meu cuidar sem fim

Tudo que eu tenho é humilde
Talvez cê nem me acredite
Desde o roçado ao açude
Certeza que Deus existe

Pega-se peixe sem rede
Toma-se banho e atitude
Agacha-se, mata sede
Não há ninguem que se afunde

Mas se você quer por mar
Ir para Dublin
So long
Porque não pensar
Sol em Tocantins
Só formar um par
Tocar Tom Jobim
E tamborim
Namorar, noivar
Casar, ter filhin

Tudo que tenho é Lou Reed
Possível que cê duvide
Alzira, Zélia, Daúde
Cássia, sua mãe e swing

Tudo o que tenho é simples
Embora pareça rude
Fica entre quatro paredes
Não há ninguem que perturbe

Sou do mato, sou bicho
Não tenho medo de cobra
Nem muito menos de ouriço

Sou mulato, sou mestiço
Sou corajoso de sobra
Só brigo quando preciso
Viva o Tim Maia

Você quer por mar
Ir pra Berlim
Auf Wiedersehen
Quer mudar de ar
Qualquer coisa assim
É melhor levar
Limão, feijãozin
Café, guaraná
Meu cuidar sem fim

Tudo que eu tenho é humilde
Sou do mato, sou mulato
Auf Wiedersehen

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts