exibições 170
Foto do artista Jallapão do Brasil

VAGABUNDO

Antigamente eu vivia na boemia, pois não tinha a companhia de você meu grande amor, passou o tempo e hoje estou aqui do seu lado e não vivo disfarçado te fazendo sentir dor.

REFRÃO
Vagabundo, você disse que eu sou, vagabundo, lhe confesso que não sou; serei feliz se não tratar-me desse jeito, pois eu não sou vagabundo, hoje eu sou um bom sujeito.

E do teu lado andarei eternamente, hoje tudo é diferente, pois eu tenho agora você, e lhe confesso que não posso aceitar, se alguém vier me chamar de vagabundo ou você.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir