exibições 45

Canção da Terra

Joel Marques


De tanto andar pelo sertão afora, atrás do gado com meu picaço
Em meus ouvidos ficou gravado o plac-plac forte de seus passos
Seu ritmar com o pingar da chuva, pelas picadas, chapadões e serras
Trilhos riscando as campinas verdes são partituras da canção da terra.

Vento macio, choro de rios, salto de insetos que da moita espanta
Fazem o coral, sentimental, quando no chão a natureza canta.

As folhas mortas se arrastando ao vento, galhos quebrando para abrir passagem
Frutos que caem do jatobá maduro, na mata escura sobre as ramagens
Vindo de longe as andorinhas chegam, cantando, buscam novas primaveras
Sou estradeiro sempre observando, como é bonita a canção da terra.

Zumbir de abelhas sobre a flor do campo, de longe traz a brisa da manhã
Por sobre mim buscando outras florestas, passaram bandos de maracanãs
Mugir de gado caminhando lento, cantos de grilos no capim tigüera
O sol que surge despertando o mundo, é o maestro da canção da terra

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir