Lá quando pinta a manhã
Pesada pálpebra erguia
Um corpo cheio de ar
Entorna tanta preguiça
Cá onde a mão alcança
Já não mais me escondia
Eu amo mesmo é o sol
Lá quando pinta a baia

Onde a onde acontece
O barco o corpo rebola
Enquanto forma dispersa
O boto a lama quem chora

Se o rio escorre
Deságua lá na Guanabara ria
Toda certeza evapora
Sob a luz de um outro dia

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir