Moço olha o poder quem tem suas palavras
Atravessaram a distância dessa máquina
Percorreram sete mares e navegaram
Até meu porto sua casa ali ficaram

Moço você não sabe como é meu gosto
Talvez já não se lembre mais como é meu rosto
Nunca perdeu os sentidos no meu perfume
Da minha pele do desejo não sairá

imune
imune
imune

Moço eu sei que é perigoso eu não te estranhar
É mais delicioso ainda eu não me intimidar
Com palavras de fogo, velozes flechas no ar
Incendeiam minha alma agora
Moço venha, moço não demora
Incendeiam minha alma agora
Moço venha, moço não demora

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir