Veloz como um carro no asfalto uma onça no mato
Você me toma o coração
Assim meio que imediato, tão de repente num pulo um salto
Logo invadiu minhas emoções

Não sei se sigo simples e me entrego enfim
Mas é que o amor já maltratou a mim
E eu repudio a recidiva dor

Talvez meus desenganos me levaram ao medo
E o meu passado já não é segredo
Deu luz à dúvida de me arriscar

De me entregar doar meus nobres sentimentos loucos
Te dar meu corpo e sentir que aos poucos
Me incendeio da mais linda paz

Desistir de confrontar minhas próprias vontades
E acreditar que a felicidade e o amor pode se renovar
Renascer dentro de mim outra vez

Talvez meus desenganos me levaram ao medo
E o meu passado já não é segredo
Deu luz à dúvida de me arriscar, de me entregar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Kayo Paiva. Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por Kayo. Revisão por Kayo. Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais posts