Eu sou do clima, uso brinco e faço som
Sou debocheiro por ser bom, meu bom
Sou de raiz africana, quero grana americana
E meu pais eu quero mais feliz

Eu sou esperto e por isso eu sou burguês
Em qualquer lance numca entrei de vez
E alguém espera alguém na cama
Mais uma vida vem pra lona
E o prazer só faz deixar feliz

Para de transar odé eu não
Para de comer adão eu não
Isso é armação do zé né não
É 171 odé de adão

Em tempo frio a gente faz amor
Não rola ponte nem tão pouco cobertor
Ai vem prestação da cama
Vem a divida americana e nimguém

Tem grana pra pagar
Quando desperto chego junto e faço amor
Volto a dormir pra esquecer o horror

Que é nossa divida americana
Sempre bem sacana e nimguém tem
Grana pra pagar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir