Foto do artista Mano Walter

Fingindo Maturidade (part. Gustavo Mioto)

Mano Walter


Tá achando que eu não tô nem aí
Só porque mudei meu jeito de agir
Tá percebendo a diferença, né?
Faz tempo que eu não pego no seu pé

Eu nem reclamo quando você vai sair
Pra onde vai, e com quem, tô nem aí
Acha que eu já não te amo
É tudo parte do meu plano

Tá dando certo
Tanto é que já passou da hora de você ir
E você ainda está aqui

Eu aprendi que pra te prender
É só deixar a porta aberta, ai ai ai ai
Nem que eu morra engasgado de ciúme
Sufocado de saudade
Eu vou fingindo essa maturidade

Eu aprendi que pra te prender
É só deixar a porta aberta, ai ai ai ai
Nem que eu morra engasgado de ciúme
Sufocado de saudade
Eu vou fingindo essa maturidade

Tá dando certo
Tanto é que já passou da hora de você ir
E você ainda tá aqui

Eu aprendi que pra te prender
É só deixar a porta aberta, ai ai ai ai
Nem que eu morra engasgado de ciúme
Sufocado de saudade
Eu vou fingindo essa maturidade

Eu aprendi que pra te prender
É só deixar a porta aberta, ai ai
Nem que eu morra engasgado de ciúme
Sufocado de saudade
Eu vou fingindo essa maturidade

Eu vou fingindo essa maturidade

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Bruno Mandioca / Elvis Elan / Henrique Castro / Humberto Teixeira · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Kerberos
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.