Fui uma festa no sertão pernambucano
Peguei o boi mais valente do sertão
Chegueii na festa escutei logo boato
Tome cuidado quando for entrar no mato
Que o boi cigano é ligeiro igual um gato
Pra pegar ele tem que ter opinião
Que o boi cigano é ligeiro igual um gato
Pra pegar ele tem que ter opinião

O fazendeiro me abraçou e foi falando
Esse boiado corre há mais de 15 anos
Tenho um diploma para quem pegar cigano e deixar ele
Amarrado no mourão

Entrei no mato encontrei o rastro dele
Sai andando, mas na frente avistei ele
Dei quatro gritos e botei o cavalo nele
Corri com ele em cima de um chapadão

O boi corria lá em cima da chapada
Saiu correndo a procura da baixada
Deixando pedra e caatigueira arrancada
Fui pegar ele lá dentro de um grutilhão

Esse diploma eu guardei como lembrança
É uma prova que no tempo da infância
Eu fui vaqueiro e tive muita confiança
Corri no mato e honrei minha profissão
Eu fui vaqueiro e tive muita confiança
Corri no mato e honrei minha profissão

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir