São bem felizes, os que têm no céu,
Seus nomes escritos já.
Se consideram livres da condenação.
Creram no Sangue do Cordeiro, justificados estão.
Que tem certeza de gozar da salvação.
São bem aventurados aqueles,
Que com Cristo vierem reinar,
Os que na Terra são chamados a cear.
E vão ocupar os tronos que ornados já estão.
Onde a alegria, nunca mais se acabará.

O Trono Branco está tudo se agitará,
Com a Presença do Senhor, que fez a Terra e o mar.
Tudo se prostrará tudo derreterá.
Tudo que o homem fez na Terra, se desmanchará.
A Terra fugirá o céu se enrolará,
A Terra e o mar prestaram conta dos seus mortos.
Mais a igreja comprada com sangue,
Lavada por Jesus amparada está.

Quando o Senhor se assentar,
No Trono Branco pra julgar,
Grandes e pequenos estarão perante,
O Trono do Cordeiro, ouvindo a última decisão.
Com reta justiça Ele julgará,
Quem pode fugir do Rei que está,
Sentado no Trono, com Poder e Glória,
Quem poderá contemplar.
Nova Terra, novo céu, no tabernáculo do Senhor.
Deus enxugará dos nossos olhos toda a lágrima,
Onde não haverá nem morte nem pavor.
Naquela cidade só habitará,
Quem estiver seu nome escrito lá,
No livro da vida do Santo Cordeiro,
Que vivo no céu para sempre está.

O que está sentado sobre o trono disse:
Eis que faço nova todas às coisas,
Porque estas palavras são fiéis e verdadeiras.
Tudo está feito, Eu Sou o Alfa e o Ômega.
Eu Sou o Princípio e o Fim.
Darei de graça a quem tem sede, da água da vida.
O vencedor herdará todas as coisas,
E eu lhes serei Deus!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: José Fernandes Lima. Essa informação está errada? Nos avise.

Posts relacionados

Ver mais no Blog