Habilite sua assinatura e dê adeus aos anúncios

Habilitar
exibições 2.354

Coco da Mãe do Mar

Marinês

É uma roda de jamanta na banguela
É mais ou menos assim o meu amor por ela
A minha boca é donzela
O meu serrote é sem dente
Já tô ficando descrente de sair dessa tramela
Pode chegar pode ficar
Pode sair pode descer
Pode subir, pode sumir
Pode invultar
Eu tô assim meio escondido na maloca
Pior que diabo de cócoras
Azarando a mãe do mar
A mãe do mar
É Iemanjá
A mãe do mar
É Iemanjá, é a mãe do mar

É uma roda de jamanta na banguela
É mais ou menos assim o meu amor por ela
Eu escancaro a cancela
Eu atropelo o batente
Eu pego o mote no dente
E não afrouxo a fivela
Pode falar
Pode calar e consentir
Pode cantar pode curtir
Pode pedir, pode podar
Pode cantar
E pode até perder o prumo
Não pode é perder o rumo
Pro coco da mãe do mar
A mãe do mar
É Iemanjá
A mãe do mar
É Iemanjá, é a mãe do mar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Lenine / Siba. Essa informação está errada? Nos avise.

Comentários

Envie dúvidas, explicações e curiosidades sobre a letra

0 / 500

Faça parte  dessa comunidade 

Tire dúvidas sobre idiomas, interaja com outros fãs de Marinês e vá além da letra da música.

Conheça o Letras Academy

Enviar para a central de dúvidas?

Dúvidas enviadas podem receber respostas de professores e alunos da plataforma.

Fixe este conteúdo com a aula:

0 / 500

Posts relacionados Ver mais no Blog


Opções de seleção