Seu Malaquia preparou
Cinco peba na pimenta
Só do povo de Campina
Seu Malaquia convidou mais de quarenta
Entre todos os convidados
Pra comer peba foi também Maria Benta
Benta foi logo dizendo
Se ardê, num quero não
Seu Malaquia então lhe disse
Pode comê sem susto
Pimentão não arde não
Benta começou a comê
A pimenta era da braba
Danou-se a ardê
Ela chorava, se maldizia
Se eu soubesse, desse peba não comia

Ai, ai, ai seu Malaquia
Ai, ai, você disse que não ardia
Ai, ai, tá ardendo pra daná
Ai, ai, mas tá fazendo uma arrelia
Depois houve arrasta-pé
O forró tava esquentando
O sanfoneiro então me disse
Tem gente aí que tá dançando soluçando
Procurei pra ver quem era
Pois não era Benta
Que inda estava reclamando?

Ai, ai, ai seu Malaquia
Ai, ai, você disse que não ardia
Ai, ai, tá ardendo eu sei que tá
Ai, ai, mas tá me dando uma agonia

(Ô sujeito, tu não disseste que esse peba não ardia?)
(E ardeu, Benta?)
(Ardeu)
(Mas tu gostou)
(Eu gostei. Gostei, mas tô com o seixo pegando fogo)

Depois houve arrasta-pé
O forró tava esquentando
O sanfoneiro então me disse
Tem gente aí que tá dançando soluçando
Procurei pra ver quem era
Pois não era Benta
Que inda estava reclamando?

Ai, ai, ai seu Malaquia
Ai, ai, você disse que não ardia
Ai, ai, tá ardendo pra daná
Ai, ai, mas tá me dando uma agonia
Ai, ai, ai seu Malaquia
Ai, ai, mas tá fazendo uma arrelia
Ai, ai, que tá bom eu sei que tá
Ai, ai, mas tá me dando uma agonia

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Adelino Rivera / João Do Vale / José Batista. Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por Heloisa. Revisões por 5 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais posts