Na minha lista e muita gente a dedica
Força pros muleque de rua do Ceará
Você que todo dia tem um leão pra mata
Correndo do titan ate o jardim América

Pra juventude que hoje vive no descaso
Esses sistema vale pra escola é um atraso
Esquema de milhões faixada é um lava jato
E o nosso dinheiro cai em mãos de mais um porco nato

Desculpe eu cansei de viver assim
Ver meus irmãos sempre um passo do fim
Sera que amanha eu vejo o sol raiar
Ou a morte vem ou eu deixo ela me levar
(Eu deixo ela me levar)

Yeah vivendo na cidade (ade yeah)
Ao meio dia no sol sem sombra sem dó
Poeira cerca o cerrado de concreto da cidade
(Yeah vivendo na cidade)

Playboy passo com um baseado na mão
Se fosse preto e pobre era pra detenção
Ainda se diz que não há discriminação
E as guerra pondo o jovem pobre no caixão

E todo dia agente sofre de viagem
Político malaca não entende a realidade
Forçando o povo para a criminalidade
Com leis que não condizem com problemas de verdade

Yeah vivendo na cidade (yeah)

Yeah vivendo na cidade (yeah)
Ao meio dia no sol sem sombra sem dó
Poeira cerca o cerrado de concreto da cidade
(Yeah vivendo na cidade)

Sera que vai chegar tua vez
De carregar o teu filho na mão
Alguns vivem como reis
Outros vivem a pior condiçao

Sera que isto que resta a nois
(Que resta a nois)
Eu grito e ninguem escuta minha voz

Yeah vivendo na cidade (yeah)
Ao meio dia no sol sem sombra sem dó
Poeira cerca o cerrado de concreto da cidade
(Yeah vivendo na cidade)

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir