Parado no meu quarto em frente a janela
Te vejo tão bela, numa fotografia

A lagrima que corre meu rosto, reflete no vidro do
porta-retrato

Cansado da chuva que cai sem parar, desejo você

O vento que passa lá fora, sussurra seu nome eu não
consigo dormir

Esta muito frio e meu coração, precisa se aquecer
Eu tento não lembrar
Eu tento disfarçar
Que eu te amo

No silencio do meu quarto eu fecho a janela
Sua fotografia, se reflete nela

A lagrima do porta retrato, desliza com os pingos da
chuva lá fora

Esta muito frio e meu coração, precisa se aquecer
Eu tento não lembrar
Eu tento disfarçar
Que eu te amo

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts