Passamos os dias preocupados com custos
Contando valores, quantificando tudo
Quanto você acha que custa o ar?
A vida, a fauna, a flora, o mar?

Talvez "Nada"
Não seja muito mais
Que o contrário escrito nos jornais
Talvez "Nada"
Não seja nada mais
Que o esconderijo de um algo a mais

Há tantas despedidas se formando no mundo
Entre amigos, amores obscuros
Quanto você acha que custa o amar?
Um aperto de mão, um beijo, um abraço, um olhar?

Talvez "Nada"
Não seja muito mais
Que o contrário escrito nos jornais
Talvez "Nada"
Não seja nada mais
Que o esconderijo de um algo a mais

Assim posso pensar, assim posso dizer
Que eu sou um "Nada" igual à você
Assim posso pensar, assim posso dizer
Que eu sou um "Nada" e nada mais

Talvez "Nada"
Não seja muito mais
Que o contrário escrito nos jornais
Talvez "Nada"
Não seja nada mais
Que o esconderijo de um algo a mais

Assim posso pensar, assim posso dizer
Que eu sou um "Nada" igual à você
Assim posso pensar, assim posso dizer
Que eu sou um "Nada" e nada mais

Eu sou um "Nada" e nada mais
Eu sou um "Nada" e tanto faz
Bem mais que nada
Nada !
Nada ?
"Nada"

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Fernando Menzes / Rafael Arruda · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Mercúrio
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.