Não nos deram maças frescas
Muito menos serpentes amigáveis
Agora é só silencio
E imagens em preto e branco

Pra onde foi a lua?
Quando que o sol partiu?
Aonde o amor atua?
O que se construiu?

Estamos Loucos
Ansiedade tráz o vunerável
Estamos Loucos
O verão não tem nada a ver com a felicidade

Aonde está o meu passado?
Aonde esta o meu presente?
Qual o fato consumado?
O que a gente sente?

Me atiraram lanças
A estava o meu escudo
Os fios da vontade criaram tranças
Não me conformei com absurdos

Às vezes entendo
Às vezes quase sei viver
Às vezes aprendo
Às vezes sei que vou me arrepender

Às vezes eu não ligo para o fim
Às vezes, quase suporto o adeus
Às vezes não me sinto tão longe de mim
Às vezes sei dos erros meus

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts