exibições 3.486

Som

Myth


Quando te conheci senti algo bem forte
Jurei para mim mesmo que te amaria até à morte
Mas tudo mudou os sentimentos são assim
O meu não acabou mas o teu chegou ao fim
Nem sempre fui correcto mas sou o primeiro a admitir
Sei que cometi erros sei o que estou a sentir
O sentimento de culpa, tristeza e vontade
O amor não acaba assim daí a minha saudade
Sei que fiz asneira cometi tanto pecado
Será que um dia voltarás a estar do meu lado?
Agora vivo ao relento não te tiro do pensamento
E espero nesta letra te levar ao esquecimento
Espero que nunca passes pelo que estou a passar
Amar alguém assim de verdade e de repente tudo acabar
Já sofri e recuperei e voltei a sofrer
Mas fui parvo porque me sabia onde estava a meter
Mas agora é diferente para sempre te vou esquecer
Tudo o que fizeste não quero reviver
Tudo o que fiz foi contigo no pensamento
Dei-te tudo o que tinha não merecias tratamento
Não me arrependo de nada foi tudo de coração
Não guardo rancor apenas recordação
Será que é preciso sofrer para aprender?
Sofrer não vida para mais erros não cometer
É complicado para mim descrever um sentimento
Não é por ser sensível mas sim porque lamento
Se pudesse apagar tudo da minha memória
Apagava sem problema, apagava toda a história
História complicada, amor e sedução
No meio de tristeza, rancor e desilusão
Chegou a hora do eterno adeus
Segue os teus caminhos que eu sigo os meus
Espero sinceramente que encontres a felicidade
Que mudes um pouco que percas a vaidade
Que penses duas vezes para não te arrependeres
Das tuas atitudes para não sofrer
Não encares esta letra como lição de moral
Sou apenas um ser humano simples e normal
Que quer que sintas que não foste certa
Cometes-te erros na altura mais incorrecta
Pergunto porquê, tinhas tudo o que querias
Amor, paixão, sexo e fantasias
Um amor como este é difícil de encontrar
Mas sei que mereço melhor e continuo a procurar

Nesta poesia traduzo o meu sentimento
Feliz por fora, magoado por dentro
Sinto a tua falta, quero-te a meu lado
Beijar-te, agarrar-te sentir-me acarinhado
Sempre que te vejo o meu coração começa a bater
Não sei se obsessão ou vontade de viver
Tenho saudades dos tempos e não paro de pensar
Apenas momentos que gostava de voltar
Ao anoitecer deito-me a lembrar no que passou
De tudo que passamos e juntos ultrapassamos
Sei que errei mas ninguém é perfeito
Há algumas coisas que neguei mas agora nada feito
Quando te beijei minha vida tinha começado
Vivia apenas somente para a felicidade
Relembro com alegria o meu passado apaixonado
Onde fui abençoado, acarinhado e amado
Dizia que eu era meigo, carinhoso e sensível
Era dono do teu peito e o sentimento era visível
Fizeste-me sentir um ser superior
Vivi uma fantasia e a seguir fui marcado pela dor
Tens tudo o que é preciso
Bela, sedutora, cativante e apaixonada
O meu mundo sem ti não seria nada
Sem ti o meu coração ficou partido, perdido
A minha vida sem ti não faz sentido
De ti jamais sentirei ódio falo com sinceridade
Pois foste tu que mudaste a minha mentalidade
Mostraste-me o sentido da palavra felicidade
És tudo o que eu tenho, a minha cara metade
Um coisa eu sei, ódio de mim não conténs
Querias uma prova de amor…
Então aqui tens

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir