Nunca deixe os sonhos mortos.
Não transforme o seu passado em poeiras e ossos, em poeira e ossos.
Às vezes um instante, muda o seu destino.
Às vezes um instante, muda a sua vida, muda a sua vida
Vejo dentro dos meus ossos.
Os demônios que você deixou.
Vejo dentro de você.
O sonho que passou (que passou).
Entre poeira e ossos, sufoquei a minha dor.
Entre poeira e ossos, sufoquei o amor.


Nunca deixe os sonhos mortos.
Não transforme o seu passado em poeiras e ossos, em poeira e ossos
Não importa mais, a verdade sempre vai voltar.
Não importa mais o sonho nunca vai mudar, nunca vai mudar.

Nunca vai mudar. (GRITO)


A verdade sempre vai voltar, não importa mais, eu não vou parar.
Nunca pense em julgar, Nunca pense em julgar.
Não adianta sonhar, se você não lutar, se você não lutar.
Não adianta sonhar, se você não lutar.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts