exibições 931

Hey Marciano (part. Cynthia Luz e Clara Lima)

Nocivo Shomon


[Cynthia Luz]
Hey, oceano, é
Marciano, e eu vou
Esse ano, é
Levar a minha alma pra dar um rolé
Hey, oceano, é
Marciano, eu vou
Esse ano, é
Levar a minha alma pra dar um rolé

Permaneça de cara fechada
Eu tô com a pá virada
Pronta pra falar com a lucidez
Permaneço, eu mato a charada
Tô com a papelada
Pra sair de cena antes do dia amanhecer
O que a boca fala
Faz parte dentro da alma
Acha que a minha calma
Tem lugar pra ficar
Ou seja, assim tão grande
A consciência se expande
Quando o explode o medo tem
Sua hora pra acabar
Escolhe o sentido que vai, onda vai passar
Não tem mar
Que não volte pra trás, eu gosto de ver afundar
Porque nada se esconde
Encontrei um caminho que é mais escuro
A luz que me invade é fogo de vida
A música mostra saída, yeah

Hey, oceano, é
Marciano, eu vou
Esse ano, é
Levar a minha alma pra dar um rolé
Hey, oceano, é
Marciano, eu vou
Esse ano, é
Levar a minha alma pra dar um rolé

[Clara Lima, Cynthia e Nocivo]
Pra dar um rolé
Yeah
Pra dar um rolé
Êaaa
Yeah, yah, uoh, só, yeah, hã

[Nocivo Shomon]
Dou mais um trago na vida
O beijo dela me acalma
Até hora da partida
Carne é transporte da alma
Ela é livre de espírito, libra
Nosso equilíbrio é insano
Eu sigo escorpiano
E os loki copiando
Chegamo' no piano, mano
ZL pique Rincon
E a dor que nos decapta
Não capta, lente Nikon
Favelado ponto com, sagaz
Sem herói, sem herança
Onde o sistema esquece
O ódio faz a cobrança
Limitado sem mudança, cansa
Nosso povo não avança
Quando é preciso pensar
O seu Rap só balança
Perdendo infância, descendo na dança, menó
No baile, morrendo no lança, do RJ à Síria
Cortante é o vento no olhar da criança
Sem esperança
Segue a matança, por isso não pode parar poesia
Rap, mensagem, pesado, liberta [?] no estado de paralisia
Desconfiei do presente quando lembrei do passado
E o verde que eu vou apertar
É só o do meu baseado
Mundo vazio vai cegar sua visão
Quantos escutam sem a percepção
Eu peço paz pra quebrada em oração
Até chegar o momento do nosso adeus
Produto do [Anga?]
Favela da caixa
Nocivo na levada rápida
E a queda que tanto machuca
É a lição que te lapida
Mais mensagem do que views
Resgata o pivete da laje
Nem seus dez mc's favorito
Vale um Sabotage

[Clara Lima e Cynthia Luz]
Passa o tempo, eu vejo
Só aumenta o meu desejo
Vida bandida me obriga a viver em paz, mas
Nunca correr de briga
Passa o tempo, eu vejo
Só aumenta o meu desejo
Vida bandida me obriga a viver em paz
Nunca correr de briga

[Clara Lima]
Passando por poucas e boas
Pra levar essa vida, digamos que boa
Acertamo' a fita, saimo' na encolha
Cada consequência traz o peso da escolha
Tudo indica que um dia passa
Quem explica esses bagui' de posse
[?] Até a ultima tosse
Sobrevivente até o ultimo gole
Quitei minhas conta, já catei minhas conta
Mas tô de mudança, não sei se volto
Pensando bem eu vou rodar o mundo
E no final de tudo eu sempre volto

[Clara Lima e Cynthia Luz]
Passa o tempo, eu vejo
Só aumenta o meu desejo
Vida bandida me obriga a viver em paz, mas
Nunca correr de briga
Passa o tempo, eu vejo
Só aumenta o meu desejo
Vida bandida me obriga a viver em paz
Nunca correr de briga
Passa o tempo, eu vejo
Só aumenta o meu desejo
Vida bandida me obriga a viver em paz
Nunca correr de briga
Passa o tempo, eu vejo
Só aumenta o meu desejo
Vida bandida me obriga a viver em paz
Nunca correr de briga

[Cynthia Luz]
Hey, oceano, é
Marciano, eu vou
Esse ano, é
Levar a minha alma pra dar um rolé
Hey, oceano, é
Marciano, eu vou
Esse ano, é
Levar a minha alma pra dar um rolé

[Clara Lima e Cynthia Luz]
Êaaa
Pra dar um rolé
Dar um rolé
Yeah, yeah, yeah
Levar minha alma

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir