exibições 1.086

Solo #3

Nocivo Shomon


Ouvindo homem amarelo na marola
Ganhei a maldade dos maluco do corolla
Eu sou a favela, lugar que inspira cartola
Quem abandona o estudo e busca o din com a pistola
Quantos serão neymar? Rico jogando bola
Quantos irão virar escobar ou marcola?
O que eles querem dar não serve mais de esmola
Me botaram pra jogar, eu entrei logo de sola
Já me arrisquei com um quilo na sacola
Hoje levo mensagem na favela e na escola
Parasita a chorar, do sonho que nunca decola
Não sou teu baseado então, fia, não me enrola
Quero dichavadores pra dichavar as dores
Caim's incolores num mundo sem cores
Onde estão as flores nessa selva de concreto?
Nessa vida torta eu sigo o papo reto

Eu sigo o papo reto

Deixe que pense e que fale
Só a verdade que fica

Rajada na cara dos péla, baile de favela, nocivo sequela
Um filho com a bela, no bong do bela
Minha mente mandela na rima cancela bico de janela
Tipo sentinela, datena sem tela, fofoca do féla
Meu lucro te choca, na nuca martela
Maluco, maloca, que nunca amarela

Rajada na cara dos péla, baile de favela, nocivo sequela
Um filho com a bela, no bong do bela
Minha mente mandela na rima cancela bico de janela
Tipo sentinela, datena sem tela, fofoca do féla
Meu lucro te choca, na nuca martela
Maluco, maloca, que nunca amarela

E eu quero em dólar
Veloz igual menor na endola
Armado com a caneta, a tia achou que era uma pistola
E os cop também, lá vem outro enquadro
Aqui leonardo da vinci, mas não consegue vender quadro
Bonde de pardo seguinte, tsunami arquitetônica
Leonardo da vinci, mas ela é hexatômica
A vida: Mil mistérios, como a sociedade maçônica
Levo o rap a sério, vocês são turma da mônica
Não brinque com fogo pra que sua mão não queime
Temer fudendo o povo, vocês pensando em game (rá)
Vocês brincando de game

Rajada na cara dos péla, baile de favela, nocivo sequela
Um filho com a bela, no bong do bela
Minha mente mandela na rima cancela bico de janela
Tipo sentinela, datena sem tela, fofoca do féla
Meu lucro te choca, na nuca martela
Maluco, maloca, que nunca amarela

Rajada na cara dos péla, baile de favela, nocivo sequela
Um filho com a bela, no bong do bela
Minha mente mandela na rima cancela bico de janela
Tipo sentinela, datena sem tela, fofoca do féla
Meu lucro te choca, na nuca martela
Maluco, maloca, que nunca amarela

Deixe que pense e que fale
Só o trabalho edifica
Deixe que pense e que fale
Só os de verdade fica
Deixe que pense e que fale
Só louco se identifica
Só luta atrás da conquista
Maluco, fica a dica

Deixe que pense e que fale
Só o trabalho edifica
Deixe que pense e que fale
Só os de verdade fica
Deixe que pense e que fale
Só louco se identifica
Só luta atrás da conquista
Maluco, fica a dica

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir