Luzes da Ribalta (Limelight)

Nora Ney


Vidas que se acabam a sorrir
Luzes que se apagam, nada mais
É sonhar em vão, tentar aos outros, iludir
Se o que se foi, pra nós não voltará, jamais

Para que chorar, o que passou
Lamentar perdidas ilusões
Se o ideal que sempre nos acalentou
Renascerá em outros corações

Para que chorar, o que passou
Lamentar perdidas ilusões
Se o ideal que sempre nos acalentou
Renascerá em outros corações

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Antonio Almeida / Charles Chaplin / João de Barro. Essa informação está errada? Nos avise.

Posts relacionados

Ver mais posts