Ninguém me ama, ninguém me quer
Ninguém me chama de meu amor
A vida passa, e eu sem ninguém
E quem me abraça não me quer bem

Vim pela noite tão longa de fracasso em fracasso
E hoje descrente de tudo me resta o cansaço
Cansaço da vida, cansaço de mim
Velhice chegando e eu chegando ao fim

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Antônio Maria Araújo de Moraes / Fernando de Castro Lobo. Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por igor. Revisões por 2 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais posts