Preocupado, viciado
No ritmo frenético
De um jovem anos 10
Não sei quando parar

Apegado, delicado
Um medo do silêncio
Do vazio, a solidão
Eu quero tudo, eu

Quero descansar, mas também quero sair
Quero trabalhar, mas quero me divertir
Quero me cobrar, mas saber não me ouvir
Quero começar, mas quero chegar no fim

Eu tô pegando leve
Tentando descansar
Meu nível de estresse
Ainda vai me matar
Se a vida vai depressa
Com pressa ainda mais
Eu tô pegando leve
Hoje eu não vou trabalhar

Dividido, indeciso
Me cansam tantos hipsters
E modernos de plantão
Me cansa ser mais um

Acabado, esgotado
Eu já cheguei no fim
Recomecei e aqui estou eu
No fim de novo, eu

Quero me encontrar, mas quero deixar fugir
Já me apaixonei, mas já me desiludi
Já fiquei sozinho, mas eu nunca morri
Às vezes, eu canso, é demais para mim

Eu tô pegando leve
Tentando descansar
Meu nível de estresse
Ainda vai me matar
Se a vida vai depressa
Com pressa ainda mais
Eu tô pegando leve
Hoje não vou trabalhar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir